Sobre nós

Helena Afonso

Presidente

O cargo de Presidente da ELSA Portucalense requer uma experiência prévia das diversas áreas que compõem a associação e consiste numa responsabilidade acrescida na gestão de cada uma das áreas da Direção.

A gestão da Direção é o ponto de ligação da equipa e, é aqui que incide o Board Management, que implica o Presidente ter a seu encargo a coordenação de todo o trabalho que é desenvolvido na associação. 

De seguida, encontramos o ramo das Relações Externas, que consiste no contacto principal entre o grupo local e entidades externas, isto implica a representação da ELSA Portucalense em tudo o que for necessário.

E por fim, temos a Expansão e Estratégia, que visa planificar e dirigir todo o trabalho que promove a ELSA Portucalense na rede Internacional, de modo a estimular o crescimento da associação.

Podemos caracterizar as ações essenciais de um Líder em 5 pontos incisivos: É necessário construir confiança, demonstrar coragem, desafiar convicções e limites, focar os esforços e comunicar eficazmente.

Secretário Geral

O cargo de Secretaria Geral resume-se em cinco palavras: administração, comunicação, informação, formação e recursos humanos.
Administramos de forma a que os nossos associados cumpram os estatutos e normas ELSA.
Comunicamos com toda a rede para que todos tenham conhecimento de estratégias, fontes e ferramentas de trabalho.
Garantimos que toda a informação relevante é transmitida.
Formamos officers e colaboradores através de formações internas e nacionais.
Por fim, mas não menos importante, somos responsáveis pelos nossos colaboradores, desde o recrutamento à delegação de tarefas.
A área de Secretaria Geral não se foca só em questões burocráticas, mas também em aproximar toda a rede. Aproximamos os nossos colaboradores da realidade da ELSA a nível local, nacional e internacional.

Bruno Almeida

Sandro Gilvaia

Tesoureiro

O Departamento de Tesouraria é o departamento a nível financeiro da ELSA Portucalense que visa gerir o capital presente da associação, de forma a ter uma gestão eficiente com as várias atividades académicas, programáticas e eventos nacionais e internacionais.
Para que tal lucro seja alcançado, o departamento de Tesouraria necessita da colaboração e constante troca de informações minuciosas de forma a se estimar ao certo as despesas e ganhos para se alcançar o devido lucro. Assim, teremos uma base segura de rendimentos e subsequentes investimentos para aumentar o nível de qualidade desta mesma associação, tanto a nível financeiro como a nível de prestígio que por sua vez, irá abrir portas a investimentos e parcerias de nível superior. 

Colaboração, Persistência, Minuciosidade, Firmeza, Compreensão são as palavras chaves deste departamento.

Vice-Presidente Marketing

O Departamento de Marketing é a área de apoio da ELSA. Envolve uma colaboração com os restantes departamentos, no sentido de dar a conhecer tudo aquilo que seja realizado pela associação, criando formas de publicitação suficientemente atrativas e que sejam rapidamente divulgadas à nossa comunidade estudantil.
Gerimos todas as redes sociais da associação e somos o departamento que tem mais contacto com os nossos associados e, assim, acabamos por ser a imagem que os nossos associados e alunos veem da nossa associação.

Criatividade, Inovação, Apoio, Divulgação são as palavras de ordem neste Departamento.

Francisca Oliveira

Tânia Moreira

Recursos Humanos

A área de Recursos Humanos constitui a base e força motriz da Elsa. São antes demais, a base pela qual e para a qual uma organização é criada e administrada.
Esta área incluiu todos os membros potenciais, membros passivos, membros ativos e ex alunos.


Além disto, o cargo, envolve um acompanhamento fulcral, e uma compreensão imensa, com todos as áreas, no sentido de poderem ser perspetivadas todas as situações, que vão desde à existência de dificuldades que possam surgir, às situações de prosperidade que se cruzem no nosso caminho.


Tem ainda uma ligação próxima, um contacto direto com toda a comunidade estudantil, mais propriamente, com todos aqueles que pretendem interessar-se, e relacionar-se com a Elsa. Desta forma, quando a associação começa a envolver todos estes indivíduos, surge, então, a necessidade de uma adequada gestão de recursos humanos.
É aqui que faz sentido enunciar-vos os objetivos deste departamento: atração, e recrutamento, acompanhamento (Training/Elsa Casuals), desenvolvimento e nomeação das pessoas certas para os cargos certos.


Deste modo, os recursos humanos serão benéficos para a nossa associação e são a maneira pela qual se pode abrir caminho para o crescimento e o desenvolvimento.

“As pessoas certas, na hora certa, é muito mais do que apenas um processo!”

Vice-Presidente Seminários&Conferências

Seminários e Conferências é uma key-area que tem como principal objetivo fornecer aos estudantes de direito e juristas conhecimento sobre temas que, por vezes, não são tão abordados durante a licenciatura, assim como fornecer experiências que os enriqueçam enquanto pessoas e enquanto futuros profissionais na área, tanto a nível nacional como a nível internacional.

O departamento de S&C é bastante abrangente. De um ponto de vista nacional podemos falar de , tal como o nome indica, seminários e conferências, assim como de round tables  (mesas redondas) e de, com cada vez mais importância, webinars. Estes têm como objetivo sobretudo trazer novas perspetivas sobre as áreas do direito aos estudantes. De um ponto de vista internacional S&C abrange  Law Schools,  Study Visits, Institutional Visits e ELSA Delegations, com um intuito de promover uma troca intercultural entre os vários estudantes de direito, dando-lhes a oportunidade de experienciar novos países e culturas. No fundo, todas as estas atividades vão valorizar os futuros profissionais da área, assim como os seus CV.

Beatriz Inácio

António Serôdio

Vice-Presidente Atividades Académicas

A área de atividades académicas consiste na prossecução de programas e projetos com o objetivo de proporcionar oportunidades aos estudantes de direito e jovens advogados de aprenderem sobre outras culturas e sistemas jurídicos em espírito de diálogo critico e cooperação científica.
Através dos projetos de atividades académicas, os participantes têm a oportunidade de adquirir habilidades jurídicas através da sua vertente prática.
Nesta área, inovação, criatividade e interatividade são algumas das palavras-chave. Sempre com o foco na educação jurídica e o desenvolvimento de habilidades jurídicas através de atividades como Essay competitions, ELSA Negotiation Competition, Client interview Competition, Legal Debat, Legal Research Groups, Law Reviews, Lawyers at work events and Legal Courses.

Vice-Presidente STEP

O Student Trainee Exchange Programme (STEP) é o mais importante (e também o mais antigo) projeto da ELSA, tendo-se iniciado no ano de 1984.

O STEP oferece a estudantes de Direito e jovens juristas experiência de trabalho jurídico na forma de estágios internacionais e, acima de tudo, fornece uma imagem transversal da verdadeira diversidade da profissão jurídica. Os Estágios STEP podem ser oferecidos numa sociedade de advogados, numa organização não governamental, num tribunal, numa empresa de consultoria ou em qualquer outra organização ativa no setor jurídico.

Os Estágios STEP são da maior relevância para os estudantes de Direito e para os jovens juristas, contribuindo para o seu crescimento pessoal e profissional, para o intercâmbio de experiências académicas e alargando o seu campo de visão para além daquilo que são as clássicas profissões jurídicas, ao mesmo tempo em que lhes oferece oportunidades para aprenderem sobre outras culturas e sistemas jurídicos num espírito de diálogo crítico e cooperação científica e os ajuda a desenvolver uma mentalidade internacional.

Quanto às funções de um Vice-Presidente no âmbito do STEP, estas estão polarizadas a dois níveis – a um nível interno e um nível internacional:

Internamente, o Vice-Presidente STEP deve realizar as diligências necessárias a fim de estabelecer parcerias com entidades públicas ou privadas ativas no setor jurídico. Estas parcerias terão por finalidade a receção, por parte da entidade (Traineeship Provider), de estagiários internacionais no âmbito do Projeto STEP, pretendendo-se com tal iniciativa a criação de uma sociedade mais globalizada e intercultural.

A nível internacional, deve o Vice-Presidente STEP promover, por via de campanhas publicitárias ou de sessões de esclarecimento, os estágios internacionais e encorajar os estudantes a candidatarem-se a Estágios STEP noutros países.

 

João Alves

Ana Sofia

Vice-Presidente Moot Court Competitions

O cargo de vice-presidente para Moot Court Competitions tem como principal objetivo a organização das chamadas Moot Court Competitions, tendo em conta todos os requisitos necessários para o bom desenrolar destas mesmas competições.

Um Moot Court Competition é a simulação de uma audiência de um processo judicial, que por norma tem especial foco numa determinada e especifica área do direito.

Com estas competições pretende-se colmatar a lacuna existente entre a teoria e a prática, dando aos estudantes de direito a chance de atuarem como representantes de partes fictícias perante a simulação de um caso em tribunal.

Voltar ao topo